segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Bob Fernandes: Os tríplex, Lula na rua, acarajés, e o duelo de celebridades no PSDB


Num verso de "Fora da Ordem", Caetano Veloso diz: "Aqui tudo parece que é ainda construção e já é ruína".

Extrapolando a canção, muito parece fora da ordem. E fora do tempo também.

Lula, enfim, falou sobre acusações de ser dono de sítio em Atibaia e tríplex no Guarujá. Disse não ser dono dos dois imóveis.

O sítio seria de Jacó Bittar, que com amigos o teria comprado para Lula utilizar quando deixasse a presidência.

Gente da Odebrechet coordenou obras no sítio. Investigam Lula em busca de conexões na Lava Jato.

Sábado no Rio, no aniversário do PT e para militantes do partido, Lula deixou claro: é briga de rua e, também, nas ruas. Sobre o tríplex do Guarujá atacou:

-Descobriram um tríplex, que não é meu. Inventaram uma tal offshore, disseram que era dona do meu triplex. (...) Como acredito em Deus, que aconteceu dois dias depois?

Prosseguiu Lula:

-A tal offshore que veio do Panamá pra ser dona do meu triplex é, na verdade, dona do triplex da Globo em Paraty, do helicóptero...

Em meio à fritura e farta exposição de acarajés, Cardozo saltou para a Advocacia Geral da União. Deixou o ministério da Justiça, que... comanda a Polícia Federal.

Polícia Federal que vai investigar Fernando Henrique Cardoso. Como, por quais conexões Miriam Dutra foi sustentada no exterior?

Ainda Política & Polícia, nas páginas do jornal Folha de S.Paulo. Convenção para escolha do candidato do PSDB a prefeito de São Paulo.

O ministério público investiga Sobral, ex-chefe de gabinete e aliado de Andrea Matarazzo, pré-candidato a prefeito.

Sobral, sócio de Herencia, ex-diretor do Teatro Municipal, onde teriam embolsado R$ 20 milhões. Já o cabo eleitoral "Celebridade" apoia João Dória.

Num grampo telefônico, "Celebridade" revela pagamentos que Dória teria feito a militantes do PSDB:

-Ninguém quer trampar de graça. Sair de casa pra votar no Dória? Quem é Dória?

João Dória, candidato de Alckmin, ganhou e foi para o segundo turno com Matarazzo. Com dominical briga de rua; socos, tapas, pontapés, urna eletrônica quebrada...

Goldman, ex-governador, e José Anibal, tucanos, querem anulação da eleição do PSDB.

Muita coisa está fora da ordem.

Confira: