sexta-feira, 11 de março de 2016

Atolado em corrupção, Alckmin cogita participar de atos do dia 13


“Nossa tarefa é garantir a segurança para uma livre manifestação. Como cidadão pode ser (que eu vá)”, afirmou o governador Geraldo Alckmin (PSDB), sobre a manifestação marcada para domingo na Avenida Paulista, após reunião no Palácio dos Bandeirantes, com representantes de grupos pró-impeachment; estiveram presentes no encontro os deputados Paulinho da Força (SD), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Mendonça Filho (DEM-PE), representantes do Movimentos Brasil Livre (MBL) e sindicalistas

247  O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que cogita “como cidadão” participar da manifestação marcada para domingo na Avenida Paulista.
“Nossa tarefa é garantir a segurança para uma livre manifestação. Como cidadão pode ser (que eu vá)”, afirmou o tucano, após participar de uma reunião na tarde desta quinta-feira, 10, no Palácio dos Bandeirantes, com representantes de grupos pró-impeachment.
Estiveram presentes no encontro os deputados Paulinho da Força (SD), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Mendonça Filho (DEM-PE), representantes do Movimentos Brasil Livre (MBL) e sindicalistas.

Ricardo Boechat fala sobre a Privataria Tucana, confira vídeo abaixo: