segunda-feira, 7 de março de 2016

Conheça o passado sujo dos tucanos que pedem o golpe

Dividem-se entre os que concentram o fogo na Dilma – liderados por Aécio – e os que apostam nas tentativas de tirar Lula da jogada via tapetão, para não ter que enfrentar nova derrota diante dele em 2018. Confira quem são eles.


Cássio Cunha Lima


O histórico político do atual líder do PSDB no Senado é um dos mais vexatórios de que se tem notícia. Hoje vociferando discursos em nome da ‘ética’, Cássio Cunha Lima (PB) já foi cassado pelo TSE, quando governador, por abuso do dinheiro público. Com um currículo tão frágil, por que o senador se sente confortável para pedir moralidade sem ser questionado? Confira aqui.

Aécio Neves


O ex-candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves, se apresentou como o candidato da ética e da moralidade, mas são muitos os escândalos de corrupção que lançam suspeitas não apenas sobre ele, mas também sobre seus colegas tucanos e aliados. Escândalos esses em torno dos quais o PSDB opera para que não tenham destaque da mídia e não sejam investigados. Confira aqui 14 deles.

José Serra


O senador José Serra (que o povo paulista ressuscitou ao escolher ele no lugar de Suplicy para o senado), é uma das figuras políticas com um grande histórico de corrupção. Confira aqui 45 escândalos envolvimento José Serra.

Fernando Henrique Cardoso

Nos oito anos de reinado de FHC o que não faltaram foram escândalos, sempre acobertados e mantidos impunes. Para refrescar a memória, clique aqui e lembre de alguns dos casos mais graves

Beto Richa

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), está no centro de um escândalo de corrupção que causou prejuízo de mais de R$ 500 milhões aos combalidos cofres públicos do Estado. Desde janeiro, mais de 20 pessoas foram presas pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) em operações contra corrupção na Receita Estadual de Londrina, fraude em licitação e exploração sexual. Entre os presos estão pessoas do círculo íntimo do governador, entre eles o primo de Beto Richa, Luiz Abi Antoun. Confira aqui.

Geraldo Alckmin

Governo Alckmin bate recorde de corrupção: Siemens denuncia superfaturamento no metrô. A multinacional alemã Siemens denunciou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), órgão do Ministério da Justiça, formação de cartel entre empresas para superfaturar licitações de equipamentos para o metrô com preços até 20% superiores aos de mercado. Confira aqui.