quinta-feira, 31 de março de 2016

Defesa de Lula acusa Moro de ainda monitorar Dilma


Em nova petição encaminhada nesta tarde ao Supremo Tribunal Federal, os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Martins acusam o juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, de continuar monitorando a presidente Dilma Rousseff – o que seria ilegal, uma vez que a competência para isso é do STF; como prova, eles anexam trechos de um inquérito policial, que, além de vasculhar os descolocamentos de todos os integrantes da família "Lula da Silva", também indica o monitoramento da presidente Dilma Rousseff; "Afora essa reprovável e ilegal devassa, o que é relevante para estes autos é que o citado relatório demonstra que aquele feito também estava monitorando os movimentos migratórios da Exma. Sra. Presidenta da República", diz a petição; dias atrás, Moro pediu desculpas ao STF por ter vazado ilegalmente uma conversa entre Lula e Dilma; defesa de Lula alega que Dilma continua na mira; confira a íntegra da petição.

247 – Em nova petição encaminhada nesta tarde ao Supremo Tribunal Federal, os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Martins acusam o juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, de continuar monitorando a presidente Dilma Rousseff – o que seria ilegal, uma vez que a competência para isso é do STF.

Como prova, eles anexam trechos de um inquérito policial, que, além de vasculhar os descolocamentos de todos os integrantes da família "Lula da Silva", também indica o monitoramento da presidente Dilma Rousseff.

"Afora essa reprovável e ilegal devassa, o que é relevante para estes autos é que o citado relatório demonstra que aquele feito também estava monitorando os movimentos migratórios da Exma. Sra. Presidenta da República", diz a petição.

Dias atrás, Moro pediu desculpas ao STF por ter vazado ilegalmente uma conversa entre Lula e Dilma (leia mais aqui).

A defesa de Lula alega que Dilma continua – ilegalmente – na mira de Moro.

Confira aqui a íntegra da petição.

Confira também, Impeachment sem crime de responsabilidade é golpe! #BrasilContraOGolpe