segunda-feira, 4 de abril de 2016

8 mil advogados assinam Manifesto da Legalidade


“A Presidenta Dilma Rousseff tem sido alvo de ataques sistemáticos provenientes de políticos da oposição, da grande mídia e de setores conservadores da sociedade desde o anúncio oficial de sua vitória no segundo turno das eleições de 2014”, diz o documento assinado por mais de 8 mil advogados; ‘A ausência de fundamento fático válido para motivação do impeachment, a utilização de juízos políticos, vagos e imprecisos, e o descumprimento do princípio constitucional da legalidade são o instrumental caracterizador do que se pode chamar de “golpe legislativo”, “golpe branco” ou “golpe encoberto”’, ressalta o texto assinado por juristas, advogadas e advogados e professores de Direito de todo o país; manifesto confronta a decisão do presidente da OAB, de apoiar o golpe contra a presidente Dilma; e agora Lamachia?

247 - Um grupo de 8 mil juristas, advogadas e advogados e professores de Direito de todo o país lançou um manifesto em defesa do mandato da presidente Dilma Rousseff, em contraponto ao presidente da OAB, Claudio Lamachia, que dediciu apoiar o golpe.

No texto, eles ressaltam que ‘a ausência de fundamento fático válido para motivação do impeachment, a utilização de juízos políticos, vagos e imprecisos, e o descumprimento do princípio constitucional da legalidade são o instrumental caracterizador do que se pode chamar de “golpe legislativo”, “golpe branco” ou “golpe encoberto”’.

Confira nota completa clicando aqui.

Confira também, "Dilma foi quem mais combateu corrupção" por Mário Sérgio Cortella