quinta-feira, 19 de maio de 2016

Rede Globo admite: Eduardo Cunha é quem manda no país


247 – Símbolo maior da corrupção brasileira, o presidente afastado da Câmara dos Deputados (PMDB-RJ), Eduardo Cunha, é quem dá as cartas no governo provisório de Michel Temer.

Essa é a constatação que emerge da manchete do Globo (leia aqui), veículo de comunicação que tem sido o principal entusiasta do governo provisório, que aponta a dependência de Temer em relação a Cunha, que só se refere ao presidente interino como "Michel".

A evidência da força de Cunha foi a indicação do deputado André Moura (PSC-CE), investigado por assassinato, num caso que espanta o jornal britânico The Guardian (leia aqui), como líder do governo.

Na Folha, o colunista Bernardo Mello Franco afirmou que "o correntista suíço é quem dá as cartas no governo Temer", lembrando as várias nomeações estratégicas feitas por ele ao presidente interino.

Ao 247, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) deu uma declaração ainda mais mordaz. "Temer ainda é vice. O presidente é Cunha", disse ele. Em seguida, Pimenta enumerou alguns fatos:

1) Pastor de Eduardo Cunha recebe passaporte diplomático do Itamaraty.

2) Advogado de Cunha é nomeado na Casa Civil da Presidência da República.

3) Temer indica aliado de Eduardo Cunha para líder do governo interino e golpista na Câmara.

"Quem está no comando é o Cunha. Temer é um fantoche", afirmou Pimenta.



Ciro Gomes diz que FHC foi oportunista e não criou o Plano Real