quarta-feira, 1 de junho de 2016

Presidente do Conselho de Ética vai a Janot reclamar de ‘manobras’ de Cunha


O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, José Carlos Araújo (PR-BA), afirmou ter se reunido nesta quarta-feira (1º) com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para apresentar "provas" de que o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estaria interferindo no andamento do processo contra ele na comissão. Segundo Araújo, não foi apresentado nenhum pedido específico a Janot, que teria dito acompanhar o caso no Conselho de Ética "como todos os brasileiros", disse o deputado. "Levei tudo aquilo que eu acho que são manobras acontecendo nessa casa", afirmou Araújo. Cunha tem negado enfaticamente ter tentado manipular o andamento do processo no Conselho por meio de aliados na Câmara.


Confira também, Lula manda recado para Globo e diz que luta continua: