segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Lava Jato escondia Aécio e Serra


PHA - Reportagem de Bela Megale e Valdo Cruz, da Folha, mostra como a Andrade Gutierrez vai ter que apresentar documentos e novos delatores para tratar de dois temas que explodem no colo dos tucanos: o Rodoanel de São Paulo, universalmente chamado de Roubanel Tungano, e a Brasilinha do Aécio, um elefante branco que fica num outro planeta, a "Cidade Administrativa".

Em Minas sempre se soube que Aécio e Andrade têm relações promíscuas - como demonstrou várias vezes o valente deputado estadual Rogerio Correia.

A reportagem da Folha também mostra que, por muito tempo, quando os delatores se aproximavam do Aécio e do Serra, era aquela história de sempre: não vem ao caso!

Mas, é que agora se avolumaram as citações aos dois pimpolhos tucanos.

E a Lava Jato, pelo menos segundo a Folha, se sentiu impelida a botar os dois na roda.

Vamos ver quanto tempo dura essa valentia lavajatense…

Em tempo: ainda segundo a Fel-lha, o dono da Andrade, o Sergio Andrade talvez, talvez seja importunado.

Afinal, é Andrade pra cá, Andrade pra lá, e ninguém se lembrava que o Andrade, o Sergio está vivo, vivíssimo!

Parece que agora vão retirá-lo do confortável oblívio…

Andrade, Sergio, é um dos autores da patranha da BrOi, e nessa condição tem sido sistematicamente derrotado na Justiça pelo ansioso blogueiro, como se demonstra na aba "não me calarão"



Entenda como funciona esquema fraudulento da PEC 241