terça-feira, 18 de outubro de 2016

Temer diz não ver problema em ministros citados na Lava-Jato


Segundo a revista "Veja", Claudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht, citou em negociação para delação que os ministros Moreira Franco (Secretaria do Programa de Privatização de Infraestrutura), Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) e o senador Romero Jucá (PMDB-RR) teriam recebido propina. 

"O envolvimento dos nomes se deu, convenhamos, por enquanto, por uma simples afirmação. Se um dia se consolidarem, o governo verá o que fazer", afirmou Temer, em entrevista no final da noite desta terça (18) —horário do Japão


Confira também, Ciro Gomes: "É preciso acordar o povo sobre a PEC 241"