domingo, 6 de novembro de 2016

Blindagem da mídia a Serra escandaliza Greenwald


247 - Em artigo assinado no portal The Intercept, João Filho, que administra o perfil Jornalismo Wandonas redes sociais, destaca o silêncio da mídia brasileira sobre a denúncia da Odebrecht de pagamento de R$ 23 milhões em propina a José Serra em uma conta na Suíça.

O artigo lembra que até o 'Hipster da Federal', que fez sucesso ao prender Eduardo Cunha, e o 'Dr. Cuca Cabeludo', que virou piada ao ter o "nome" lido ao vivo na Globonews, tiveram mais espaço nos grandes veículos de comunicação do que o escândalo envolvendo o ministro das Relações Exteriores do governo Temer.

"Parece que para o Grupo Globo, essa grave acusação contra o atual ministro das relações Exteriores não é de interesse público. Até a lista de compras de supermercado da Dilma pareceu mais relevante para o jornalismo global", lembra ainda João Filho, sobre matéria do jornal O Globo que divulgou a lista do mercado de Dilma Rousseff.

Na semana passada, o jornalista Xico Sá, ex-colunista da Folha, manifestou seu estranhamento com a quebra da "blindagem" a Serra e a divulgação de uma denúncia na capa do maior jornal do País. "Há algo errado", disse ele (lembre aqui).

Para o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, fundador do portal, "é impossível compreender a política brasileira sem observar o comportamento da mídia dominante no Brasil".

Leia aqui a íntegra.


Confira também, Wagner Moura denuncia "Estado de Exceção" no governo Temer