quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Eike quis entregar lista de propina ao PSDB e reação da Lava Jato foi devolver a lista

lista-psdb

Um empresário decide colaborar espontaneamente com a Lava Jato entregando uma lista de doações de cunho “oficial e privado” a vários partidos e políticos, incluindo o PSDB. Qual a reação dos procuradores? Descartar a informação porque extrapola o campo de combate contra as gestões petistas e devolver a lista? Pois foi o que aconteceu no caso Eike Batista e Guido Mantega. Confira