terça-feira, 6 de dezembro de 2016

“Não vai ficar assim”, dizem senadores, em reunião de emergência


Brasília 247 - Senadores se reuniram ontem à noite para uma reunião de emergência na residência oficial da presidência da Casa. O objetivo era traçar uma estratégia para reconduzir Renan Calheiros (PMDB-AL) ao cargo. Os senadores consideraram a interferência do Judiciário gravíssima e já se preparam para o contra-ataque: "não vai ficar assim". Pelo menos três ministros do STF já demonstram preocupação com o que pode vir do Congresso.

Com informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Entre as estratégias previstas pelos caciques da Casa está até um possível pedido formal a ministra Cármen Lúcia contra o afastamento de Renan.


Confira também, Cerveró inocentou Lula e
 disse que Temer atuou na corrupção da Petrobrás