quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Com Mick Jagger, revista debocha e defende reforma da Previdência


A nova edição da revista “Exame” foi duramente criticada nas redes sociais, nesta quinta-feira (12). Isso porque, na nova capa, a publicação usa o cantor britânico Mick Jagger, líder dos Rolling Stones, em destaque com a seguinte afirmação: “O que você e ele tem em comum”. Em uma defesa clara à reforma da Previdência, proposta por Michel Temer, a revista diz que o trabalhador brasileiro e o artista terão de “trabalhar velhice adentro.”

Além disso, a publicação afirma que “trabalhar para sempre” é possível e “sem drama”. Internautas criticaram e ironizaram a comparação absurda, que teve o intuito de apoiar uma reforma ilegítima e impopular da aposentadoria. Parlamentares do PT também se manifestaram contra a revista.

A edição se adianta na defesa da Reforma da Previdência, que foi proposta pelo governo ilegítimo de Michel Temer e que dificultará muito a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros. O secretário de Comunicação da CUT, Roni Anderson Barbosa, criticou a publicação.

“A Exame, com essa capa, ignora os preceitos jornalísticos e brinca com a tragédia da classe trabalhadora brasileira. Supor que um trabalhador trabalhará o resto da vida em condições de igualdade com um dos homens mais ricos do cenário musical mundial chega a ser bizarro e mostra o compromisso da mídia comercial com o governo golpista”, afirmou o dirigente.

Confira também, Fernando Morais: Globo é quem governa o Brasil