quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Perdão de dívida de 1 trilhão de grandes donos de terra, financiaria a educação por 14 anos

aecio-temer
O governo Temer/PSDB pensa em anistiar a dívida dos grandes proprietários de terras, que gira em torno de 906 bilhões de reais, segundo dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O perdão da dívida tiraria receitas para financiar o orçamento da educação por exemplo, que no ano de 2017, será de 62,5 bilhões, segundo Planalto, por 14 anos.






No entanto cabe lembrar que com a PEC 55 aprovada, as despesas com saúde e educação, permanecerão as mesmas por 20 anos, se o orçamento da educação é hoje 62,5 bilhões, daqui a 20 anos permanecerão quase a mesma coisa, com o acréscimo (se houver) de apenas o valor corrigido da inflação, imagine você permanecer com o valor do seu salário igual por 20 anos, com sua família crescendo e preços subindo é isso que ocorrerá com o país. Com o perdão da dívida dos grandes proprietários de terra, mostra-se as novas prioridades do Estado Brasileiro, governados por Temer e PSDB, onde o Estado é mínimo para o pobre e máximo para as elites, é a “conta do Impeachment”.



Confira também, Aécio Neves: O vídeo que está chocando a internet.