quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Post racista que define 'preto raiz' e 'preto nutella' é denunciado ao Ministério Público


Uma publicação racista que usava o meme "de raiz" foi denunciada Safernet, organização que monitora crimes e violações dos direitos humanos na internet.


O post apresenta definições de "preto raiz" e "preto nutella" e foi publicada no último dia 14 em um grupo fechado no Facebook. Após se espalhar pela rede social, a publicação causou revolta entre os usuários.

A origem da peça racista está em uma brincadeira que ficou famosa nas redes sociais nas últimas semana. Nela, são comparadas situação à moda antiga (raiz) com versões atualizadas, mais modernas (nutella).




No post, "preto raiz" é definido como é definido como alguém que usa corrente, é analfabeto e obedece ordens do senhor de escravos. Já o "preto nutella" usa turbante, questiona autoridade, tem cota para estudar e quer andar de avião.


A publicação original já foi apagada, mas cópias dela ainda circulam pelo Facebook.

O diretor da Safernet, Thiago Tavares, afirmou que a empresa recebeu a denúncia e encaminhou para o Ministério Público Federal.

Confira também, Alckmin faz propaganda com obra de Lula no Rio São Francisco

Ao jornal O Globo, ele contou:


Recebemos uma denuncia contra essa publicação e do perfil (na rede social) do suposto autor. Os links desses perfis já estão sob analise do Ministério Público de São Paulo, que tem um grupo que investiga crimes cibernéticos.

A Safernet e a MPF tem um acordo focado na prevenção e combate crimes relacionados à discriminação, pornografia infantil, racismo, homofobia em ambiente online.