segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Record quebra blindagem de Aécio e denuncia seu tesoureiro Oswaldinho

Resultado de imagem para Oswaldinho Aécio Neves

Minas 247 – Embora a Globo tenha decidido ignorar as delações da Odebrecht contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado de comandar pessoalmente um esquema de propinas na Cidade Administrativa, uma obra de R$ 2,1 bilhões, a Record decidiu ocupar o espaço vago.


Na mais recente reportagem, o foco é em Oswaldo Borges da Costa, tesoureiro pessoal de Aécio, que, segundo a Odebrecht, seria o responsável pela arrecadação dos recursos ilícitos.


Aécio deverá ser um dos primeiros alvos da procuradoria-geral da República, na nova fase da Lava Jato.

[VÍDEO]Luana Piovani diz que Lula faz drama por morte de D. Marisa 

O deputado estadual Rogerio Correia, do PT, propõe a cassação do mandato de Aécio e também que ele seja condenado a devolver os recursos desviados na construção da Cidade Administrativa (leia aqui).

Confira acima a reportagem da Record.