terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Temer e Moreira se calam diante das questões de Eduardo Cunha

Resultado de imagem para temer cunha e moreira franco

247 - As perguntas formuladas pelo deputado cassado e preso Eduardo Cunha (PMDB) para Michel Temer sobre o conhecimento, e eventual participação, de Temer em negociação de propina para o ministro Moreira Franco em investimentos do Fundo de Investimentos do FGTS parece caminhar para o esquecimento. Temer foi arrolado como testemunha de defesa de Cunha na ação penal sobre suposto envolvimento em esquema de desvios do FI/FGTS.


Se depender de Temer e Moreira, o assunto já está enterrado. Os dois foram procurados pelo 247 para comentarem o teor das perguntas e o que há por trás das insinuações de Eduardo Cunha. Nem Michel Temer nem o ministro Moreira Franco, entretanto, responderam aos questionamentos. 




Ao todo ele elaborou 19 questões. Em uma delas, indaga o presidente: "Tem conhecimento de oferecimento de alguma vantagem indevida, seja a Érica ou a Moreira Franco, seja posteriormente, para liberação de financiamento do FI/FGTS?". Segundo o jornalista Fernando Brito, a Érica citada pode ser a jornalista Érica Fraga, ex-namorada de Michel Temer e mãe de um de seus filhos – nascido em Londres.

Confira também, Lindbergh questiona e Alexandre de Moraes mente em sabatina

"Como ela é uma das coordenadoras de uma conta da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, paga por uma empresa contratada, não será difícil , lá mesmo no Palácio do Planalto, achá-la e perguntar-lhe se sabe algo a respeito", questiona Brito.

Nas perguntadas de Cunha, cujo potencial de dano a Michel Temer foi solenemente ignorado pela imprensa apoiou o golpe e que dá sustentação ao governo, o ex-deputado pergunta também se Temer indicou seu atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência para a vice-presidência da Caixa Econômica - Moreira ocupou o cargo entre 2007 e 2010 no governo Lula.

Relação com a BJ

Cunha questiona à sua testemunha de defesa se ela fez alguma reunião com Moreira e André de Souza, ex-conselheiro do fundo, para tratar de pedidos para financiamento do FI-FGTS, ou se Temer participou de reuniões com Léo Pinheiro (OAS) e Benedicto Júnior (Odebrecht) para tratar de doações de campanha.

Em delação premiada à operação Lava Jato, Benedicto Barbosa Silva Júnior, ou BJ, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, relatou reunião com Michel Temer, Moreira Franco e Eduardo Cunha. A coluna Radar da revista Veja conta que eles trataram de de Caixa Econômica Federal e campanha eleitoral.

Além dele, Michel Temer já foi citado 43 vezes na delação premiada do executivo Cláudio Melo Filho, lobista da empreiteira em Brasília, por ter pedido R$ 10 milhões no Jaburu (leia aqui).

Confira as perguntas de Eduardo Cunha que nem Michel Temer nem Moreira Franco querem responder:

1 - Em qual período o senhor foi presidente do PMDB?

2 - Quando da nomeação do senhor Moreira Franco como vice-presidente de Fundos e Loteria da Caixa Econômica Federal, o senhor exercia a presidência do PMDB?

3 – O senhor foi o responsável pela nomeação dele para a Caixa? O pedido foi feito a quem?

4 - Em 2010, quando o senhor Moreira Franco deixou a CEF para ir para a coordenação da campanha presidencial como representante do PMDB, o senhor indicou Joaquim Lima como seu substituto?

5 – O senhor conhece a pessoa de André de Souza, representante no Conselho dos Trabalhadores no FI/FGTS à época dos trabalhadores?

6 – O senhor fez alguma reunião para tratar de pedidos para financiamento com o FI, junto com Moreira Franco e André de Souza?

7 – O senhor conhece Benedito Júnior e Léo Pinheiro?

8 - Participou de alguma reunião com eles, junto com Moreira Franco para doação de campanha?

9 - Se a resposta for positiva, estava vinculada a alguma liberação do FI?

10 - André da Souza participou dessas reuniões?

11 – O senhor conheceu Fábio Cleto?

12 - Se sim, o senhor teve alguma participação em sua nomeação?

13 - Houve algum pedido político de Eduardo Paes, visando à aceleração do projeto Porto Maravilha para as Olimpíadas?

14 - Tem conhecimento de oferecimento de alguma vantagem indevida, seja a Érica ou Moreira Franco, seja posteriormente para liberação de financiamento do FI/FGTS?

15 - A denúncia trata da suspeita do recebimento de vantagens providas do consórcio Porto Maravilha (Odebrecht, OAS e Carioca), Hazdec, Aquapolo e Odebrecht Ambiental, Saneatins, Eldorado Participações, Lamsa, Brado, Moura Debeux, BR Vias. O senhor tem conhecimento como presidente do PMDB até 2016 se essas empresas fizeram doações a campanhas do PMDB. Se sim, de que forma?

16 - Sabe dizer se algum deles fez doação para a campanha de Gabriel Chalita em 2012?

17 - Se positiva a resposta, houve a participação do senhor? Estava vinculada à liberação desses recursos da Caixa no FI/FGTS?

18 - Como vice-presidente da República desde 2011, teve conhecimento da participação de Eduardo Cunha em algum fato vinculado a essa denúncia de cobrança de vantagens indevidas para liberação de financiamentos do FI/FGTS?

19 - Joaquim Lima continuou como vice-presidente da Caixa Econômica Federal em outra área a partir de 2011 e está até hoje, quem foi o responsável pela sua nomeação?