sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Unimed demite médico que falou de procedimento para matar Dona Marisa

richammmm

A direção da Unimed decidiu rescindir o contrato do neurocirurgião Richam Faissal Ellakkis, segundo comunicado divulgado no fim da tarde desta sexta-feira. 


O profissional fez comentários agressivos sobre o tratamento à ex-primeira dama Marisa Letícia em um grupo de Whatsapp de antigos colegas de faculdade, onde vazaram dados sigilosos do diagnóstico da paciente.


“A Unimed São Roque repudia veementemente as declarações dos médicos citados nas reportagens que abordam o vazamento de informações sigilosas durante o diagnóstico da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva”, escreveu a direção da cooperativa.

Nas conversas do grupo, Ellakkis comentou o atendimento à esposa do ex-presidente Lula:

“Esses fdp vão embolizar ainda por cima”, escreveu, em referência ao procedimento de provocar o fechamento de um vaso sanguíneo para diminuir o fluxo de sangue em determinado local. “Tem que romper no procedimento. Daí já abre pupila. E o capeta abraça ela”, complementou Ellakkis, que também presta serviços em outras unidades de São Paulo.


Será que Doria também vai chamar Moreira Franco de
“sem vergonha” e “covarde” após nomeação para ministério?