quarta-feira, 5 de abril de 2017

Por que Holiday não vai as escolas verificar se tem merenda?

Resultado de imagem para holiday e alckmin

O vereador Fernando Holiday (DEM-SP) anunciou em sua página no Facebook que está fazendo visitas surpresas a escolas municipais de São Paulo para verificar se está acontecendo algum tipo de "doutrinação ideológica" dentro das salas de aula. As blitze de Holiday provocaram a reação do sindicato dos professores e de outros parlamentares.


"Estamos indo fiscalizar a estrutura das escolas para ver se está tudo em ordem, mas também o conteúdo que é dado em sala de aula, se está havendo algum tipo de doutrinação ideológica, se os professores estão dando aquilo que realmente deveriam dar ou se têm professores entrando lá com camiseta do PT (Partido dos Trabalhadores), do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). Por enquanto nas escolas que fui isso não está acontecendo", disse Fernando Holiday em um vídeo publicado nesta segunda-feira, 3.





Nas mãos da base de Alckmin, CPI da Merenda termina 'em pizza'

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apurou o pagamento de propina em contratos da merenda escolar da Secretaria Estadual da Educação do governo Geraldo Alckmin (PSDB) não trouxe nenhuma novidade em relação às investigações que já ocorrem no Ministério Público Estadual, na Justiça Federal e na Comissão Sindicante da Assembleia Legislativa. Nem quanto ao destino do R$ 1,3 milhão pago em propina pela Cooperativa Orgânica da Agricultura Familiar (Coaf). E sequer propôs qualquer medida sobre agentes políticos citados no esquema.

Confira também, Aécio Neves: O vídeo que está chocando a internet

Tendo em vista que seu partido e todos da base aliada dos tucanos conseguiram transformar a investigação em pizza. Por que o nobre vereador não realiza o seu trabalho e fiscaliza a merenda das escolas?