sábado, 1 de abril de 2017

Remédios tiveram alta na sexta liberados por Temer e PSDB, cadê os panelaços dos idosos do Fora Dilma?


Alerta Social - Aumento nos preços de 19 mil medicamentos começa a valer a partir desta sexta-feira. No Governo Temer é assim: não há cuidado para as medidas que mais afetam a população.


O Diário Oficial da União publica hoje (31) a resolução do Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) autorizando os índices do reajuste anual de preços de medicamentos para 2017, que variam de 1,36% a 4,76%. O Cmed é um órgão do governo integrado por representantes de vários ministérios.




O Sindicato da Indústria Farmacêutica (Sindusfarma) informou, por meio de nota, que os índices de reajuste não repõem a inflação passada, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado de 12 meses, de março de 2016 a fevereiro deste ano.

Confira também, Aécio Neves: O vídeo que está chocando a internet

Segundo o Sindusfarma, o reajuste anual de preços fixado pelo governo poderá ser aplicado em cerca de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro.