sábado, 13 de maio de 2017

Advogado que orientou delação de Santana contra Lula e Dilma é irmão de Procurador da Lava Jato


247 – A defesa do publicitário João Santana está sendo feita por Rodrigo Castor de Mattos, advogado criminalista e irmão do procurador Diogo Castor de Mattos, membro da força-tarefa da Operação Lava Jato. O advogado enviou no último dia 17 de abril uma procuração ao juiz Sérgio Moro pedindo sua inclusão como representante legal do publicitário numa ação penal.


Este não é o primeiro caso de atuação de parentes de procuradores e magistrados em ações vinculadas à Lava Jato. A assessoria do Ministério Público Federal em Curitiba, porém, afirmou que o procurador Diogo Castor de Mattos não atuou nem atua em nenhum dos casos ou processos da Lava Jato que envolvem João Santana.



Além disso, diz a assessoria do MPF, a delação de João Santana foi fechada com a Procuradoria “em 8 de março de 2017, antes de o escritório Delivar de Mattos e Castor Advogados assumir a defesa do empresário, em 17 de abril”.

Clóvis de Barros Filho fala sobre preconceito da elite contra Lula