terça-feira, 20 de junho de 2017

Após soltar operador, primo e irmã de Aécio. STF adia julgamento de prisão de Aécio

Resultado de imagem para áecio stf

O advogado Alberto Toron pediu a palavra para fazer uma questão de ordem.

Toron afirma que entrou com um novo requerimento para que o pedido de prisão seja analisado pelo plenário. O ministro Marco Aurélio diz, então, que não estava sabendo do novo agravo.


Relator do caso, ministro Marco Aurélio afirma que irá analisar o pedido da defesa. O caso do senador afastado Aécio Neves não será mais apreciado nesta terça.