segunda-feira, 10 de julho de 2017

Carmen Lúcia dá parecer favorável a Reforma Trabalhista, STF contra o povo


JC Online UOL - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, negou, nesta segunda-feira (10), o pedido de suspensão da tramitação da reforma trabalhista no Senado Federal. Avançada a fase de discussões, a votação da reforma no plenário da Casa está marcada para ocorrer nesta terça-feira (11).


O mandado de segurança, que havia sido sorteado para a ministra Rosa Weber, passou para Cármen Lúcia devido ao recesso do Judiciário, que dura todo o mês de julho.


Os parlamentares argumentavam que o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), descumpriu a Constituição Federal. Alegando que quando leis que têm impacto orçamentário não trazem estudos que comprovem a compatibilidade com o teto de gastos, os parlamentares pediram a suspensão da tramitação por 20 dias.