segunda-feira, 31 de julho de 2017

‘Lembrava do Temer, passava a dor’, diz deputado que tatuou nome do presidente


Folha de São Paulo - Uma bandeira do Brasil e o nome “Temer”. Foi com esta tatuagem que o deputado Wladimir Costa (SD-PA) resolveu homenagear o presidente da República, Michel Temer.


A tatuagem, que ele afirma ser real, foi feita na quinta-feira (27) e custou R$ 1.200, segundo ele. Costa diz ter parcelado o valor em seis vezes no cartão de crédito.

O deputado disse à Folha ter outras cinco tatuagens pelo corpo e conta como enfrentou a dor.

“Doeu um pouco, mas eu lembrava do Temer, passava a dor”, afirmou.

A sétima tatuagem Costa diz que fará logo após a votação da denúncia contra Temer, na quarta-feira (2): o rosto de Temer junto à primeira-dama, Marcela, com a frase “Temer, o maior estadista do Brasil”.