quinta-feira, 20 de julho de 2017

“Os caras do PSB não querem saber se a teta é de Temer ou Maia. Eles querem mamar”


POR RIBAMAR MONTEIRO, de Brasília


Um dos primeiros parlamentares do PSB a abandonar o governo Temer e partir para a oposição, o deputado federal mineiro Júlio Delgado acredita que novas denúncias contra o presidente e a pressão dos eleitores nos estados podem derrubá-lo.


Ele acha difícil, no entanto, o plenário da Câmara aceitar a denúncia rejeitada na CCJ.

Em relação à ida de deputados de seu partido para o PMDB de Temer ou o DEM de Rodrigo Maia, Delgado vê um movimento para desgastar a imagem do PSB.

“Os caras não querem saber qual é a teta, querem saber se a teta é a do governo”, diz.

Confira aqui a entrevista.