sexta-feira, 21 de julho de 2017

Postos já começam a aumentar a gasolina em 50 centavos; você paga os votos que Temer comprou

Resultado de imagem para Temer e aécio

Um dia após o governo anunciar o aumento de impostos sobre os combustíveis, os postos de São Paulo (SP) já começavam a repassar o reajuste ao consumidor nesta sexta-feira (21). Em um posto sem bandeira na rua Heitor Penteado, zona oeste da capital paulista, os preços subiram por volta das 10h. O etanol passou de R$ 1,939 para R$ 2,189 e a gasolina, de R$ 2,93 para R$ 3,389.


Pouco antes da troca, o gerente do local avisava os clientes que passavam que o combustível subiria "em 10 minutos". O taxista Tiago Moraes, 32, foi um dos últimos a pagar o preço antigo no etanol.

O presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira (20) decreto aumentando as alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis. O tributo cobrado sobre a gasolina, por exemplo, passou de R$ 0,3816 por litro para R$ 0,7925.


Ronda nos postos

Marcelo Conrado Miranda, 38, trabalha como pesquisador de preços para uma rede de postos. Ele diz que todo dia percorre cerca de 50 postos para comparar os preços. Por volta das 10h desta sexta-feira, segundo ele, nem todos os postos já haviam feito o reajuste. "Mais ou menos uns 15 a 20" já subiram o preço, de acordo com Miranda. Ele trabalha nessa função há um ano e diz que foi o aumento "mais brusco de um dia para o outro" que já viu.