quarta-feira, 9 de agosto de 2017

BEM FEITO! Deputados alegam que foram enganados por Temer e emendas não são liberadas


Como em qualquer grande negócio, há três etapas: negociação, fechamento e pagamento.


Os deputados que receberam emendas para salvar Michel Temer da denúncia, agora, querem ver pingar em seus estados o cascalho prometido pelo Palácio do Planalto.

Grande parte já saiu do caixa da União, mas nem tudo.

Parlamentares do PSDB e do Centrão não contêm a irritação com a demora para receber os recursos. Em alguns casos, a emenda não foi paga e em outros, sequer empenhada, ou seja, não entrou no sistema de pagamentos do governo.

Não há dúvida. Se Michel Temer não honrar com a palavra, as excelências irão para cima, ameaçando votar contra em matérias caras ao Executivo.


Do lado outo lado, no Planalto, há quem defenda protelar o desembolso até a tramitação da segunda denúncia, que Rodrigo Janot deve apresentar em breve.

É a velha estratégia de adiar a quitação de uma dívida para renegociá-la mais adiante. No caso do governo, seria no esquema compre um e leve dois.

Coluna Radar