quarta-feira, 9 de agosto de 2017

JBS vai expor ‘compra em massa’ de deputados, STF vai anular o golpe?


Peça fundamental de engrenagem da propina da JBS, o executivo Ricardo Saud, fará um complemento de sua delação premiada em que irá relatar nomes de deputados atribuídos a valores que teriam recebido em dinheiro vivo para apoiar a eleição do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara, em fevereiro de 2015.


Pessoas envolvidas nas tratativas afirmaram que o lobista vai apresentar os nomes dos deputados, os valores pagos a cada um, além de informações sobre o modo que as entregas foram feitas; com os pagamentos, Cunha comprou sua bancada, virou presidente da Câmara e aceitou o impeachment sem crime de responsabilidade, quebrando e desmoralizando o País

CLICK POLÍTICA com brasil247